CATARSE

lendocama

Catarse

A minha solidão não quer companhia
É melindrosa e exige atenção
No meu vagar dos dias vazios
Sinto…
Egoísta demais essa sensação

Tranquei o peito a sete chaves
E do lado de dentro há eco
Enquanto o silêncio grita
Penso…
A cada minuto peco

A armadura desgastada range
Protege mais quem está de fora
Cada palavra que não disse
Escrevo…
Castigo o papel que chora

As letras sozinhas nada são
Unem-se para significar
Sabendo do meu desespero
Divago…
Difícil demais transbordar

(Elaine Elesbão)

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 3.0/5 (2 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +1 (from 1 vote)
CATARSE, 3.0 out of 5 based on 2 ratings
Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

35.264 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress