Zombaria

4

 

Alguns dias sou de gelo,
em outros de açúcar.
Vez ou outra sou bagunça,
e me desorganizo toda hora.
 
Não me peça pra ser pouco,
porque não sei me economizar.
Não me peça pra ser muito,
porque detesto exigências.
 
Não venha reclamar do meu silêncio
quando tolero a sua gritaria;
Não impeça o meu barulho
enquanto martelo pensamentos.
 
Não tenho paciência pra sua preguiça,
porque morro de preguiça de ser paciente.
Sei que sou tão fácil de ser explicada,
e tão difícil de ser compreendida.
 
Um dia desses eu tomo jeito,
mas só se não for engasgar.
Estou ocupada observando a vida,
perdi a deixa pra me justificar.
 
(Elaine Elesbão)

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 2.0/5 (1 vote cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votes)
Zombaria, 2.0 out of 5 based on 1 rating
Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

34.994 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress