Arquivos mensais: abril 2017

AMOR

segurando um chaveiro

Amor

O meu coração não é de aço,
O meu labor não tem compasso,
A estrada é longa e até me canso,
Confesso que sinto medo,
Mas vou te contar um segredo:

O amor é minha sina,
Está onde o meu eu começa e termina…
É ele que me ilumina,
E mesmo que às vezes seja uma lida,
Sempre será parte da minha vida.

(Elaine Elesbão)

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votes)
Share Button

PROSSIGA

caminhar - eucaliptos na janela - solange maia

PROSSIGA

Diante de qualquer perda, decepção, frustração, problema… A dor chega e é impossível ignorá-la. Ignorar a dor não é mesmo uma boa ideia, porque dor negada é dor dobrada. Então, se algo lhe fez ou faz sofrer, não finja que está tudo bem, receba a dor e deixe que ela te mostre os lugares machucados, pois só assim será possível cuidar dos ferimentos. E ferimento tratado corre menos risco de infeccionar e pode cicatrizar mais rápido.
A grande questão é que algumas pessoas não só aceitam a dor como passam a viver alimentando-se dela. E dor é um processo que deve ter começo, meio e fim.
Sofrer em demasia, lamentar-se, nutrir desejos de vingança ou vitimizar-se não fará a dor passar e não resolverá o problema e, em alguns casos, faz tudo piorar.
Sendo assim, se algo lhe deixar muito triste, se a dor chegar à sua vida e se o sofrimento segurar a sua mão… Lembre-se de tratá-los como se fossem aquela visita inesperada que chegou justamente na hora em que você estava se preparando para sair. Receba-os, trate-os com respeito, dê a atenção devida, mas saiba despedir-se deles antes que te façam perder mais tempo do que o necessário. Não permita que te impeçam de seguir com a sua programação.
Nunca se esqueça de que a vida é importante demais e passa mais rápido do que gostaríamos. E não é o tempo que dedicamos cultivando o caos que nos tornará mais fortes, e sim o modo como o superamos.
Tente concentrar-se naquilo que lhe faz bem, que lhe causa paz e bem-estar, tenha fé e saiba perdoar-se e perdoar aqueles que o cercam. Exercite a prática do pensamento positivo. Sorria e prossiga. E tudo melhorará.
(Elaine Elesbão)

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.0/5 (4 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +1 (from 1 vote)
Share Button